CLINICA VETERINÁRIA MUNDO ANIMAL , A SEGUNDA CASA DO SEU MELHOR AMIGO

Olho seco, ou ceratoconjuntivite seca, é uma doença muito comum nos cães. É definida como a baixa produção de lágrimas. Provoca ressecamento da superfície ocular e, caso não tratado a tempo, cegueira permanente. Podendo ocorrer apenas em um dos olhos, embora seja mais comum em ambos.

Esta doença já foi descrito em mais de 60 raças com destaque em Poodle, Cocker Spaniel, Yorkshire, Pastor Alemão, Buldogue Inglês e Francês, Pug, Maltês, Pequinês, Shih Tzu e Lhasa Apso.

Pode ocorrer de forma primária ou secundária; a primária relacionado com hereditariedade, ou seja, predisposição genética. Já a forma secundária acontece em todas as raças e está associado com trauma, uso de alguns medicamentos, entre outras causas. Além destas, doenças infecciosas como a cinomose e leishmaniose e doenças metabólicas como hipotireoidismo, diabetes e hiperadrenocorticismo podem diminuir a produção de lágrimas.

De modo geral, os sinais clínicos observados nos cães são hiperemia (olho vermelho), blefaroespasmo (olho menor), dor, coceira e secreção ocular (remela).

O diagnóstico é realizado medindo a produção de lágrima através do Teste Lacrimal de Schirmer. Este teste é fundamental para identificar e tratar corretamente a ceratoconjuntivite seca.

O tratamento está diretamente relacionado com a causa.

Imagens gentilmente fornecidas pelo dr Brotos @brotovet

Para maiores informações: (17) 99631 6909

Mundo Animal, a segunda casa do seu melhor amigo.

Atendimento médico veterinário 24 horas. 

Por: Dra Caroline Batista Costa
CRMV SP 45068
MAPA: 62726/2019 Ver menos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *